Histórico

Home  /  Histórico

A história de nossa Instituição é de luta e generosidade. Marcada pelo engajamento com o trabalho voluntário e pela solidariedade de cidadãos comuns e empresários da região, que preocupados com o bem estar social mantém por 108 anos o Lar dos Velhinhos de Campinas.

O ponto de partida se deu há pouco mais de um século, quando o jornalista Antonio Sarmento, iniciou uma campanha na imprensa, para que fosse criado em Campinas, um local de atendimento aos carentes. A cidade crescia em desordem, sem planejamento social e urbano, e era crescente o número de desabrigados em condições sub-humanas pelas ruas da cidade.

Após cinco anos promovendo debates e motivando a sociedade campineira a exigir uma solução, no dia 25 de julho de 1904, Dr. Paulo Machado Florence, então Delegado de Polícia, agiu, reunindo um grupo de pessoas de expressão como: Joaquim Villac, João de Paula Castro, Luiz José Pereira de Queiroz, Euclides Teixeira, Aristides Pompeu, Virginio Jacobsen e Padre Manuel Ribas D´Avila, para fundar o “Asylo de Mendigos”.

Em 13 de agosto de 1905, na Câmara Municipal de Campinas, foi realizada uma assembléia geral para a eleição da primeira diretoria definitiva do local. Foram eleitos: o presidente Orosimbo Maia, que se tornaria em 1907 o primeiro prefeito eleito de Campinas e o Vice-Presidente Alberto Sarmento.

O local escolhido para as instalações do asilo foi uma chácara comprada do Coronel Bento Bicudo. A inauguração aconteceu em 10 de dezembro de 1905, no entanto, com um nome diferente: “Asylo de Inválidos”.

Com o passar dos anos a maior parcela dos carentes em abandono correspondia aos idosos. Isso fez com que a instituição se especializasse ao longo das décadas para que, em 1972, reformulasse seu nome para Lar dos Velhinhos de Campinas. Desde sua origem a Instituição nunca teve vínculos religiosos ou partidários.

Envie para um amigo
  • Facebook
  • Twitter
  • Tumblr
  • Google Bookmarks

Leave a Reply

Parceiros